Book Review: ・゚✿ Fangirl

Boas, estou de volta!
Finalmente estou em férias de Verão!

Sim, finalmente estou de férias e agora posso ter o tempo todo para me organizar e relaxar. E assim acabou o meu primeiro ano universitário, o meu primeiro e último ano de caloiro! Para marcar este regresso da minha paragem por causa dos exames e recursos trago-vos um livro que li no Verão passado, mas só o consegui terminar relativamente há pouco tempo. Comprei este livro quando estava no Algarve porque precisava mesmo de alguma coisa para ler, e peguei na primeira coisa que me chamou a atenção; obviamente tinha que ter um título que me cativasse. 
Fangirl conta a história de Cath, uma rapariga que ama os seus livros e a sua família. Todo a gente conhece e é fã dos livros de Simon Snow. Mas Cath não é apenas uma fã normal; os livros de Simon Snow são a sua vida. Ela e a sua irmã gémea, Wren, refugiaram-se na obra de Simon Snow quando eram miúdas, e na verdade foi isso que as salvou da ruína emocional que foi a perda da mãe. Ler. Reler. Interagir em fóruns, escrever ficção baseada na obra de Simon Snow, vestir-se como as personagens dos livros.
Mas essas fantasias deixam de fazer sentido quando se cresce, e enquanto Wren facilmente abandona esse refúgio, Cath não consegue fazê-lo. Na verdade, nem quer. Agora que vão para a universidade, Wren não quer ficar no mesmo quarto de Cath. E esta fica sozinha e fora da sua zona de conforto. Partilha o quarto com uma miúda arrogante; tem um professor que despreza os seus gostos; um colega atraente mas que apenas fala sobre a beleza das palavras... e, ainda por cima, Cath não consegue parar de se preocupar com o seu pai, tão querido, frágil e solitário.
A pergunta paira no ar: será que ela consegue triunfar sem que Wren lhe dê a mão? Estará preparada para viver a vida em seu nome? Escrever as suas próprias histórias? E se isso significar deixar Simon Snow para trás?

✘ Pontos negativos:

Para quem pensava inicialmente como eu, o livro não representa realisticamente o que é uma "fandom", o verdadeiro significado de "fanfics". Vê-se logo que foi escrito por alguém que não tem muito conhecimento sobre o que são fandoms e que não interagiu muito com isso. Quem leu o livro, nota-se perfeitamente que a saga "Simon Snow" é um rip-off de Harry Potter. Não me fez qualquer tipo de impressão visto que até achei engraçado num universo paralelo não existir Harry Potter e existir o Simon Snow. A cena é que... os dois existem no mesmo universo. O próprio Levi diz: It’s hard for me to get my head around. It’s like hearing that Harry Potter is gay." ??? Porquê fazer referência ao Harry Potter depois de basear o livro inteiro sobre uma versão fictícia do Harry Potter conhecido como Simon Snow? Nada de grave, mas deixou-me questionar...

A Cath sendo a personagem principal, deixou-me estranhamente confusa. Por uns momentos até me relacionava com ela: dificuldades em socializar, escrever fanfics, refúgio com a irmã (no meu caso, irmãos). Mas por outros ficava incrédula! Então ela está na faculdade, e para trabalho de Escrita Criativa submete uma fanfic? Se eu fizesse isso alguma vez na minha vida eu literalmente atirava-me de uma ponte. Isto também é um pequeno à parte, mas que deixou-me a pensar na maturidade de Cath.


✔ Pontos positivos:

O romance é realista, as relações com todas as personagens são realistas. Adorei a interação entre Cath e Wren com o pai. O Levi foi a personagem que me saltou mais à vista sendo bastante único e não o típico "rapaz perfeito" que se vê em muitos romances universitários. As personagens pareciam-me reais como também as situações onde se encontravam. Tinham todas o seu toque especial (apesar de algumas não terem sido muito exploradas infelizmente, como a Reagan). O romance entre Levi e Cath para mim, foi a melhor parte do livro. Tomavam decisões realistas e parecia que o amor entre eles fluía naturalmente; Cath era mais insegura e Levi tinha atenção a todos os detalhes para fazer com que ela se apaixonasse por ele livremente e sem alguma pressão.

Fangirl representa muito bem um ambiente universitário: o tipo de pessoas que há, a partilha de quartos, as festas. Até acho que representou melhor isto do que o conceito de "Fangirl".


Avaliação: ★★★★☆

Gostei do livro? Sim, adorei! Há vários fatores que podiam ter sido melhorados mas foi uma excelente leitura e recomendo para quem gosta de romances suaves e gente que se relaciona com a personalidade de Cath. Certamente irei ler mais livros da Rainbow Rowell!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Voltei, mas diferente! ⋆ Back Again

˚‧º· Quero entrar na tuna! Mas... ‧º·˚